quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Reflexão....


Oi gente... esta semana começou um pouco complicada... marido levou um tombo e trincou a costela, estávamos voltando do chalé e já se preparando para ir direto para o Hospital pois ele estava com dor, porém a vida é cheia de surpresas mesmo, de repente eu que estava ótima, comecei a ter uma dor estranha como se fosse uma cólica como a de pedra nos rins.. deu tempo de parar, vomitar, entre outras coisas, eu tremia tanto, a dor era tão insuportável, que agora analisando, não me lembro de ter tido uma dor tão forte assim por qualquer outra coisa.. no final de tudo, graças a Deus passou a minha dor e fui cuidar do marido, que está a base de remédios, pois costela trincada segundo o médico , o que se tem a fazer é esperar o tempo recuperar.. Depois disso, marido que estava com começo de gripe, ficou péssimo e consequentemente eu que quase nunca estou gripada (verdade mesmo, é raro) fiquei também com gripe, e hoje ao acordar de uma noite mal dormida, estou com labirintite, mesmo de intensidade fraca, estou com tonturas, as vezes parece que vai melhorar, as vezes tenho que parar e respirar fundo, pois tudo começa a rodar.. MORAL DA HISTÓRIA: Nestes momentos , muitas vezes somente nestes momentos, percebo que todas as reclamações, sejam as do tipo financeira, sentimental, profissional, e tantas outras , se tornam simplesmente inúteis diante de uma dor, de algum problema de saúde. Percebo que a saúde é fundamental, quando vejo que uma dor incontrolável pode nos deixar totalmente de mãos atadas e fora de controle diante tudo que nos rodeia. E também neste momento vejo tão claramente que estas coisas cotidianas que podem acontecer a qualquer um, acontecem todos os dias com milhões de pessoas, de uma forma gigantescamente pior, como doenças horríveis e sem cura, com adultos e crianças. Enfim, hoje acordei assim, refletindo e agradecendo a Deus e pedindo a ele saúde, muita saúde, agradecendo por tudo o que ele faz na minha vida, e me desculpando pelas reclamações tão , mas tão, insignificantes perante a tudo...Me desculpem tantas palavras, foi só um desabafo , pois considero vocês meus seguidores e também meus amigos..Deixo aqui uma imagem bonita da natureza para alegrar o dia de todos....






10 comentários:

  1. Oi Van...
    Sempre tive esse pensamento comigo sabe.. Tudo é tão insignificante perto da nossa saúde. De que adianta trabalhar tanto para se entupir de dinheiro e deixar para aproveitar tudo depois que aposentar, a gente nem sabe se vai estar vivo amanhã. Nosso corpo é algo tão frágil, que podemos tropeçar hoje, bater a cabeça no chão e puft...já era.
    Melhoras para vocês dois!!!
    (E muita reza para espantar todo e qualquer olho gordo....affff...)

    Beijoksss

    ResponderExcluir
  2. Ah, Van, concordo com vc. Saúde é a coisa mais importante que temos - dinheiro, trabalho, coisas materiais, tudo passa... Se temos saúde, seguimos em frente, não é?
    Estou torcendo por vc e pelo seu marido, para que melhorem logo. E conte comigo para o que der e vier, ok?
    Beijoca

    ResponderExcluir
  3. Van!!!
    Vcs pracisam se benzer.. Caraca!!
    Gripe, dor, costela, labirintite!!! O que é isso!!! rs..
    Mas é verdade, tendo saúde é o que importa, o resto a gente corre!!!
    Melhoras para vcs viu!!!!
    saudades...
    bjinho

    ResponderExcluir
  4. Amiga, que coisa heim? mas espero que tanto vc quanto seu marido estejam melhor e realmente sem saúde não adianta nada ter o resto né? Torcendo pra que vc fique bem logo!

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga....realmente só lembramos que a vida tem muito mais valor quando estamos saudáveis e bem dispostos...espero que estejam bem melhor....ótimo fim de semana...fiquem com deus!!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  6. Nossa que novela hein, mas vc tem razao nessas horas vc esqueçe tudo so quer ter mesmo saude
    melhoras aos dois bjbjbj
    Monica
    coisasdaminhacasa

    ResponderExcluir
  7. Oi amiga,tem certas situaçoes difíceis que acontecem na vida da gente,que vem mesmo para nós refletir e para o nosso aperfeiçoamento,dalí nós tiramos alguma coisa boa,para nosso 'eu' interior.Já passei por tantas tempestades na vida,mas com a ajuda de Deus me levantei,e aqui estou.Tudo passa e dias melhores virão ,como tem aquele ditado depois da tempestade vem a bonança.Nossa,acho que hoje falei demais,grande abraço amiga,tudo de bom.

    ResponderExcluir
  8. Oi Vania, desejo que você e seu marido fiquem bem. Que recuperem logo a saúde. Beijos, com carinho, Sílvia.

    ResponderExcluir
  9. oi amiga- compreeendo perfeitamente - meu marido há pouco ficou taõ ruim , que pensei que iria morrer - nunca tinha visto ele assim - foi ai que vi que não saberia viver sem ele, não teri a mesma alegria- e a maioria das vezes a gente dá importãncia para detalhes tão bobos
    adorei teu desabafo-
    e dorei as tuas figuras vintage-
    bj
    lu

    ResponderExcluir
  10. Oi Van!
    Realmente precisamos passar por apuros como estes, muitas vezes, para valorizar a única coisa na vida que realmente é nosso, o nosso corpo, e concordo com a Li, se matar de trabalhar pensando em aproveitar somente na velhice é a maior burrada que o ser humano pode cometer, temos que viver a vida como se fosse o último dia dela, sei que na prática fica um pouco difícil né, mas devemos tentar...
    Como estão agora, já passou a maré rsrsrs?
    Espero que sim querida, saúde pra todos nós e fiquem com Deus!
    Beijos no coração!

    ResponderExcluir